EMHA

Agência Municipal de Habitação de Campo Grande

Agência Municipal de Habitação de Campo Grande
 
  • Imprimir
 

Habitação - Sexta-Feira 11 de Janeiro de 2013

Alcides Bernal destaca prioridade na habitação em encontro com servidores da Emha

Encontro contou com palestra da diretora de Produção Habitacional do Ministério das Cidades

“O lar é muito importante e na minha administração os programas habitacionais vão ganhar prioridade”, disse o prefeito Alcides Bernal (PP), nesta sexta-feira (11.01) aos servidores da Emha (Empresa Municipal de Habitação). O encontro aconteceu no auditório da Egov (Escola de Governo do Município), quando o prefeito abriu oficialmente a palestra “Habitação e Sustentabilidade”, proferida pela diretora de Produção Habitacional do Ministério das Cidades, Maria do Carmo Avesane.

Ao destacar aos servidores que a moradia oferece dignidade às pessoas, o prefeito Alcides Bernal recordou o encontro de hoje pela manhã com as famílias de catadores de recicláveis que viviam do seu trabalho no antigo lixão e que agora estão em situação de fragilidade, sem condições de sustento e vivendo de forma sub-humana. “Não podemos aceitar uma realidade como essa”, revelou o prefeito.

Na última quinta-feira (10.01), Alcides Bernal requisitou à Sas (Secretaria de Políticas, Ações Sociais e Cidadania) que buscasse meios de solucionar a questão dos catadores incluindo os que tivessem interesse no Proinc (Programa de Inclusão Profissional). Além da capacitação, essas famílias terão salário mínimo e mais uma cesta básica. O Programa deverá atender aproximadamente mil pessoas com a capacitação que será coordenada pela Funsat (Fundação Social do Trabalho). “Não queremos que essas pessoas continuem em condição sub-humana e por isso daremos a oportunidade de qualificação profissional”, observou o prefeito.

A moradia é outro ponto importante para essas famílias que montaram seus barracos em frente à Usina de Processamento de Recicláveis. “Essas famílias que pedem dignidade, querem uma chance de obter um imóvel. Uma senhora que me abordou disse – mostrando o documento - que há 16 anos está inscrita no Programa Municipal de Habitação aguardando a oportunidade de uma moradia digna”, disse o prefeito.

A prioridade na administração do prefeito Alcides Bernal à habitação de interesse social é reforçada pela atitude de atender à população que realmente precisa de uma moradia para viver. “Não daremos oportunidade para aqueles que estão à serviço da especulação”, disse o chefe do Executivo Municipal. Para confirmar esse propósito, o primeiro ato da pasta consistiu exatamente no convite à diretora de Produção Habitacional do Ministério das Cidades. “É uma profissional que temos a honra de receber e que nos ajudará com seu conhecimento na área”, disse o diretor da Emha, Amilton Cândido de Oliveira, reforçando aos servidores a importância deles nesse processo.

Habitação e Sustentabilidade

A diretora de Produção Habitacional do Ministério das Cidades, Maria do Carmo Avesane detém experiência profissional de mais de 20 anos na área de projetos e execução de habitação e reiterou aos servidores da Emha que os programas habitacionais não podem mais prescindir da sustentabilidade. “A sustentabilidade está amparada em três principais pilares: o da questão produtiva e de geração de emprego na região onde o empreendimento está inserido, o que requer um mix de uso; na mobilidade, que permitirá o fácil deslocamento dos moradores e no planejamento dos conjuntos habitacionais em diversos pontos da cidade”, revelou a palestrante. Nesse sentido, a diretora destacou que o Programa Habitacional do município deve ser gerado na sustentabilidade.

“Tive a oportunidade de conversar com o prefeito Alcides Bernal e com sua equipe de secretários constatando que a habitação é prioridade em sua administração. Isso é muito importante, porque o governo federal apresenta as diretrizes, mas quem executa são os governos municipais”, observou a diretora, salientando que o objetivo da produção habitacional de interesse social é o de atender a deficiência habitacional com foco na desigualdade social, reforçando a promoção de um pacto social na política de habitação. “Temos o programa Minha Casa, Minha Vida que é uma política de acesso à habitação construída a partir da sustentabilidade da vida urbana”, concluiu a diretora.

O evento contou com a presença do secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Semy Ferraz, do deputado estadual Amarildo Cruz (PT) e dos vereadores do (PP), Waldecy Batista Nunes – Chocolate e Derly dos Reis de Oliveira – Cazuza

Fonte/Autor: Marta Benedito Mtb/MS 184
Enviar esta notícia por e-mail Imprimir esta notícia