SAS

Secretaria Municipal de Assistência Social

 
  • Imprimir
 

Assistência Social - Terça-Feira 26 de Março de 2013

Prefeito assina convênio com o estado para atender Assistência Social

O Prefeito Alcides Bernal (PP), na tarde desta terça-feira (26), assinou o pacto de adesão ao Sistema Único de Assistência Social (SUAS). O ato de assinatura aconteceu no auditório da governadoria, a convite do Governador do Estado de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli e mais 78 prefeitos e representantes dos municípios. Os repasses dos recursos foram na ordem de R$12.802.274,10. Para Campo Grande foram repassados R$3.577.000,00.

O valor a se repassado para cada município é calculado segundo o nível de gestão e estimativa de domicílios pobres do município e mais um valor adicional para os municípios que desejam ampliar suas ações dentro da Política de Assistência Social nos Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas).

Segundo o prefeito Alcides Bernal o repasse dos recursos é de fundamental importância à Capital e para todos os municípios de Mato Grosso do Sul. “Nossa administração vai aplicar estes recursos em prol da dignidade das pessoas. Estamos aqui para demonstrar que Campo Grande sempre está em defesa das pessoas. Buscamos parcerias para obter recursos para a Assistência Social, seja ela, nacional ou estadual. Estes recursos são significativos para a população de nossa cidade”, frisou o prefeito.

De acordo com a Secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social, Tânia Mara Garib esses repasses são feitos todos os anos para atender as pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade. Campo Grande fica com a maior parcela por ter o maior número de pessoas em situação vulnerável. Ao assinar o termo de adesão automaticamente já está autorizado o repasse dos recursos. Vamos repassar de imediato as parcelas dos primeiros três meses do ano. “As outras serão repassadas todo dia 5 de cada mês”, disse Tânia Garib.

O governador do Estado de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli disse que o repasse dos recursos feito pelo estado é reconhecido nacionalmente. “A execução dessa política rompe a relação convencional anteriormente existente. É um repasse pequeno, mas importante para os municípios. Queremos parceria com todos os municípios independente da sigla partidária. Desejo sucesso aos gestores dos municípios que estão chegando agora”, finalizou.

Fonte/Autor: Emidio Denardi MTB/MS 488
Enviar esta notícia por e-mail Imprimir esta notícia